User Experience Branding: interação com o consumidor chega aos logos

Standard

logos-nickel

A revolução tecnológica está transformando uma sociedade linear, cartesiana, mecanicista e funcional, inspirada nas máquinas que proporcionaram a Revolução Industrial, em uma sociedade randômica, criativa e orgânica. A conectividade promovida pelo mundo digital faz com que as relações aconteçam em rede, derruba hierarquias e põe o modelo centralizado de liderança em xeque. Os reflexos são sentidos não apenas na horizontalização das funções dentro das empresas, mas até em seus logotipos, que precisam dialogar com consumidores e funcionários empoderados. Continue reading

Simplicity, It’s Complicated

Standard

“Make everything as simple as possible, but not simpler.” — Albert Einstein

Your smart phone would be simpler if it didn’t have a camera. But it would also be a lot less useful. A paint can is a sublimely simple way to store paint. But it’s a dreadful way to interact with paint: It’s hard to open, hard to close, and guaranteed to make a mess every time you pour it.

Simplicity is an obvious virtue, but it is not the ultimate virtue. Sure, the fewer clicks, taps, steps, hurdles, fields, distractions, and doodads in a UI, the better. We UX designers have a whole bag of tricks for simplifying things—consolidating here, eliminating there, shrinking this, submerging that—and 19 times out of 20, the simpler approach is the better approach. Continue reading

[Mito] O design tem que ser original

Standard

Mito #9: O design tem que ser original

Muitos designers preferem reinventar a roda do que adaptar os padrões convencionais de design para interface do usuário. Deve ser considerado, no entanto, que tais convenções funcionam bem porque elas já foram utilizadas e testadas para usabilidade. Uma vez que os usuários as conhecem bem, você não precisa explicar nada ou fornecer um manual de instruções. Como os usuários apreciam mais usabilidade do que inovações, modelos padrão beneficiarão sua audiência.

Pode ocorrer de uma nova abordagem ser necessária, porém você deve estar 100% certo de que sua solução é melhor do que um padrão existente. Continue reading